22.2 C
Rondonópolis
quinta-feira, maio 23, 2024

Buy now

Preso um suspeito de usar nome de delegado em Mato Grosso e aplicar golpes; comparsa está foragido

Policiais prenderam um estelionatário que usava o nome de um delegado em supostas transações de compra e venda de veículos e sucatas, em Cuiabá. A Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Veículos (DERFVA) conduziu a apuração e identificou dois suspeitos. Um se valia de sua atividade para cooptar vítimas e foi preso em flagrante por estelionato. O segundo, ainda não localizado, se apresentava como sendo uma pessoa de confiança de um delegado da Polícia Civil para negociar supostos veículos apreendidos.

Quatro pessoas, entre elas o próprio suspeito e 3 vítimas, compareceram à delegacia à procura do delegado titular alegando que estavam ali para retirar veículos e sucatas, que haviam sido comercializadas por um terceiro. O delegado percebeu que havia algo estranho nas informações passadas e, percebendo que se tratava de um golpe utilizando o seu nome, iniciou as diligências para apurar os fatos.

O suspeito preso em flagrante usava de sua atividade, onde tem grande influência e contato com muitas pessoas, para cooptar as vítimas. Ele dizia que um conhecido seu era braço direito do delegado e que tinha um esquema para a venda de veículos apreendidos a baixo custo. Acreditando na indicação do suspeito, as vítimas entravam em contato com o segundo golpista, que ficava responsável pela negociação do veículo ou sucata, que eram vendidos a valores entre R$ 25 mil a R$ 50 mil.

Os policiais apreenderam, na casa do estelionatário, um caderno com anotações de carros vendidos para diversas pessoas, bem como sobre as vítimas que estavam na delegacia. Os policiais realizam buscas pelo segundo golpista envolvido nos crimes, que ainda não foi localizado.

Só Notícias (foto: assessoria)

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias