22 C
Rondonópolis
terça-feira, março 5, 2024

Buy now

Peru: governo decreta estado de emergência em Lima e outras cidades

Intensos protestos contra a presidente Dina Boluarte causaram a morte de pelo menos 42 pessoas nas últimas semanas no Peru . Em resposta, o governo do Peru decretou estado de emergência na capital, Lima, por 30 dias e autoriza o Exército a intervir para manutenção da ordem.

Estado de emergência em outras regiões

O estado de emergência, emitido neste sábado, abrange as regiões de  Cusco, Puno e também de porto de Callao, nas proximidades da capital. Além das províncias de Andahuaylas, Tampopara e Tahuamanu, Mariscal Nieto e no distrito de Torata e por cinco rodovias nacionais.

O decreto também prevê imobilização social obrigatória’, ou seja, confinamento em Puno, por 10 dias, entre 20h e 4h da manhã, o que chamamos no Brasil de ‘toque de recolher’ . 

Após a deposição de Pedro Castillo, devido à tentativa de dissolver o  Congresso para governar por decreto , apoiadores do presidente deposto marcham e erguer barricadas, desde dezembro, em quase todo país sul-americano. 

O número de mortes nos protestos subiu para 46 desde que Castillo foi deposto. O ex-presidente segue em prisão preventiva por 18 meses e espera julgamento pelo crime de rebelião.

IG NOTÍCIAS

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias