20.5 C
Rondonópolis
terça-feira, junho 25, 2024

Buy now

Lula inicia a semana com inaugurações e visita ao Rio de Janeiro

Nesta segunda-feira (6), o presidente Luiz Inácio Lula da Silva ( PT ) deve iniciar uma “tour” de  inaugurações e lançamentos de programas sociais pelo país. Para começar os trabalhos, o presidente chega, ainda nesta manhã ao Rio de Janeiro , onde devem ser anunciada a liberação de R$ 600 milhões para Estados e municípios para reduzir a fila de cirurgias, exames e consultas no SUS (Sistema Único de Saúde).

No estado, o mandatário participará da abertura de uma unidade de saúde no complexo Super Centro Carioca de Saúde, no bairro de Benfica, na zona norte da capital fluminense.

Neste segundo mês de governo, o petista tem como obejetivo mudar o foco de suas ações. Em janeiro, Lula precisou lidar com a destruição das sedes dos Três Poderes e uma crise militar, além de uma forte articução para acomodar aliados no 2º escalão do governo e garantir acordos no Congresso Nacional.

Na campanha, em 2022, o chefe do Executivo já havia apontado os problemas enfrentados pelo SUS e afirmou que era preciso desafogar o sistema de saúde — pressionado, segundo ele, por causa da pandemia da covid-19.

O montante que será destinado à Sáude e liberado por Lula faz parte dos recursos retirados do teto de gastos pela PEC fura-teto.

Serão liberados R$ 200 milhões para o programa, já em fevereiro, para a organização de mutirões em todo o país. Posteriormente, o restante será repassado conforme a quantidade de cirurgias realizadas, com foco nas abdominais, ortopédicas e oftalmológicas. Já a segunda fase do projeto, deve começar em abril e junho deste ano e terá como foco diagnósticos oncológicos e consultas especializadas.

No Rio, além do presidente, a ministra da Saúde, Nísia Trindade, também participará do lançamento do programa. No evento, ainda estarão presentes: o prefeito da cidade, Eduardo Paes (PSD), e o governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro (PL).

Antes da inauguração do centro hospitalar, Lula participará da posse de Aloizio Mercadante na presidência do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Mercadante é uma das principais apostas do petista para alavancar o crescimento de empréstimos para pequenas e médias empresas e, consequentemente, retomar o controle da economia.

Além de Lula, o vice-presidente Geraldo Alckmin também deverá participar do evento. Ainda são esperados no encontro o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e a ministra do Planejamento, Simone Tebet.

IG ÚLTIMO SEGUNDO

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias