20.5 C
Rondonópolis
terça-feira, junho 25, 2024

Buy now

Ataque a creche mata quatro crianças e deixa várias feridas

Pelo menos quatro crianças morreram e outras quatro ficaram feridas após um ataque a uma creche de Blumenau , em Santa Catarina, na manhã de ontem quarta-feira (5).

Segundo a Polícia Militar, o ataque ocorreu no Centro Educacional Infantil (CEI) Cantinho do Bom Pastor, no bairro Velha. Um homem, de 25 anos, teria invadido a instituição, que é particular, e atacado as crianças com uma machadinha. Pais, viaturas policiais e ambulâncias estão no local.

De acordo com a corporação, o suspeito se entregou se entregou no Batalhão da PM logo após realizar o atentado.

Todas as crianças que estavam na escola já foram retiradas pela polícia e entregues aos pais. Equipes do Instituto Médico Legal (IML) estão no local.

Vídeos que circulam pelas redes sociais mostram o momento em que os bebês são retirados da instituição de ensino por professores e funcionários com a ajuda do Corpo de Bombeiros.

Investigação

Segundo o delegado-geral da Polícia Civil de Blumenau, Ulisses Gabriel, os agentes estão apurando a participação de mais pessoas no crime. Segundo ele, a Delegacia de Repressão a Crimes de Informática vai apurar se o ataque foi organizado online.

Pelo menos quatro crianças morreram e outras quatro ficaram feridas após um ataque a uma creche de Blumenau , em Santa Catarina, na manhã desta quarta-feira (5).

Segundo a Polícia Militar, o ataque ocorreu no Centro Educacional Infantil (CEI) Cantinho do Bom Pastor, no bairro Velha. Um homem, de 25 anos, teria invadido a instituição, que é particular, e atacado as crianças com uma machadinha. Pais, viaturas policiais e ambulâncias estão no local.

De acordo com a corporação, o suspeito se entregou se entregou no Batalhão da PM logo após realizar o atentado.

Todas as crianças que estavam na escola já foram retiradas pela polícia e entregues aos pais. Equipes do Instituto Médico Legal (IML) estão no local.

Vídeos que circulam pelas redes sociais mostram o momento em que os bebês são retirados da instituição de ensino por professores e funcionários com a ajuda do Corpo de Bombeiros.

Investigação

Segundo o delegado-geral da Polícia Civil de Blumenau, Ulisses Gabriel, os agentes estão apurando a participação de mais pessoas no crime. Segundo ele, a Delegacia de Repressão a Crimes de Informática vai apurar se o ataque foi organizado online.

“A gente quer identificar se tem mais algum participante. Se mais alguém participou. Como ele tramou esse plano. Onde ele obteve informações”, disse o delegado-geral em entrevista à rede Globo.

Governador de Santa Catarina se manifesta sobre o ataque

Nas redes sociais, o governador de Santa Catarina lamentando o ataque a creche em Blumenau e se solidarizou com as famílias das vítimas .

“É com enorme tristeza que recebo a lamentável notícia de que a creche particular Cantinho do Bom Pastor, em Blumenau, foi invadida por um assassino que atacou crianças e funcionários. Infelizmente quatro não resistiram e morreram, além de três feridos”, escreveu.

“Determinei imediatamente a ação das nossas forças de segurança, que já estão no local. O assassino já está preso. Deixo aqui a minha total solidariedade. Que Deus conforte o coração de todas as famílias neste momento de profunda dor”, completou.

Presidente Lula lamenta ataque: ‘monstruosidade’

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) também se manifestou sobre o ataque pelo através das redes sociais: “Não há dor maior que a de uma família que perde seus filhos ou netos, ainda mais em um ato de violência contra crianças inocentes e indefesas.”

“Meus sentimentos e preces para as famílias das vítimas e comunidade de Blumenau diante da monstruosidade ocorrida na creche Bom Pastor”, acrescentou Lula.

“Para qualquer ser humano que tenha o sentimento cristão, uma tragédia como essa é inaceitável, um comportamento, um ato absurdo de ódio e covardia como esse”, completou.

Fonte: IG

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias