23.7 C
Rondonópolis
domingo, março 3, 2024

Buy now

O justo

Já fui jovem e agora sou velho, mas nunca vi o justo desamparado, nem seus filhos mendigando o pão. Salmos 37:25

Seja justo! Essa é uma das palavras que mais se repete em Salmos de Davi. O rei já tinha passado por todos os tipos de problemas na sua vida, e, apesar de algumas falhas, ele ainda era fiel a Deus.

Davi sempre teve Deus como alicerce de sua vida. Desde criança já honrava a Deus. Se tornou rei, mas demorou para tomar a posse do trono, ganhou muitas guerras, escreveu bastante sobre o seu relacionamento com Deus, pecou e falhou, se humilhou, refez o concerto com Deus, e ainda assim, é um homem admirável da Bíblia. O seu nome está inscrito no grupo dos heróis da fé, conforme o livro de Hebreus 11.

A expressão “já fui jovem e agora sou velho”, dita por Davi, é para demonstrar que ele já percorrera muitos caminhos desta vida. A sua experiência é grande. Ele deseja passar os seus aprendizados da vida para os que desejam errar menos. São ensinamentos para moldar a nossa vida e o nosso ser. Em outras palavras, Davi sabia o que ele estava escrevendo; era um especialista, uma pessoa que tem know-how.

Davi recomenda que cada um de nós deve ter fé em Deus, e que devemos entregar a nossa vida nas mãos dEle, constantemente, se quisermos falhar menos, e ser melhor a cada dia.

A promessa de Deus, registrada em Salmos 37, é para dizer, também, que Davi nunca viu um indivíduo justo fracassar. Se for justo, andar na lei e obedecer aos princípios bíblicos eternos, não fracassará.

Fazendo uma analogia das palavras de Davi, é assim: ele nunca viu um justo desamparado, ou seja, se for justo, Deus o amparará. Na minha vida de concurseiro, eu nunca vi nenhum estudante que estuda não ser aprovado em concurso. Todos os que estudam verdadeiramente são aprovados.

Deus não desampara os seus filhos fiéis. Acontece que, muitas vezes, por não entendermos o cenário por inteiro e não sabermos do futuro, temos o prejulgamento de que Deus se esqueceu dos seus filhos.

A promessa de Deus nunca falha. A letra da música do grupo Prisma “Eu não me esqueci de ti” apresenta este poema: “Mesmo que uma mãe viesse de seu filho se esquecer. Ainda assim não haveria de me esquecer de ti. Mas ainda que demore ou mesmo que pareça. Um dia prometi voltar e pronto estou a cumprir. Mas ainda que demore ou mesmo que pareça. Eu não me esqueci de ti, virei outra vez”.

O justo nunca será desamparado, porque ele vive pela fé em Deus. A matemática de Deus nunca falha. Pode passar o tempo que for, mesmo até pensando que Deus se esqueceu de você; lembre-se do que Davi afirmou: “Já fui jovem e agora sou velho, mas nunca vi o justo desamparado, nem seus filhos mendigando o pão”.

Francisney Liberato é Auditor do Tribunal de Contas. Escritor, Palestrante, Professor, Coach e Mentor. Mestre em Educação pela University of Florida. Doutor em Filosofia Universal Ph.I. Honoris Causa. Bacharel em Administração, Bacharel em Ciências Contábeis (CRC-MT) e Bacharel em Direito (OAB-MT). Vice-presidente da Associação Brasileira dos Profissionais da Contabilidade – ABRAPCON. Membro da Academia Mundial de Letras. Autor dos Livros: “Mude sua vida em 50 dias”, “Como falar em público com eficiência”, “A arte de ser feliz”, “Singularidade”, “Autocontrole”, “Fenomenal”, “Reinvente sua vida” e “Como passar em concursos – Vol. 1 e 2”, “Como falar em público com excelência”, “Legado”, “Liderança”, “Ansiedade”, “Mude sua vida em 50 dias Premium”“Inteligência Emocional”, “Manual do Concurseiro”, “Sabedoria” e “Discípulos”.

Por Francisney Liberato

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias