21.1 C
Rondonópolis
terça-feira, abril 23, 2024

Buy now

Sanear vai aproveitar novo PAC 3 para ampliar e modernizar saneamento

A equipe de engenharia do Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis Terezinha Silva de Souza (Sanear) iniciou a elaboração de estudos e projetos para investimentos com recursos do novo Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) lançado nesta semana pelo Governo Federal. O trabalho foi determinado pelo prefeito José Carlos do Pátio e pelo presidente da autarquia, Paulo José, que estiveram com o presidente Lula em Brasília na cerimônia de lançamento do programa.

Até o momento a equipe técnica elencou 32 ações consideradas prioritárias para aprimorar o saneamento básico e deixar a cidade preparada para o crescimento aguardado nos próximos anos. A lista inclui reservatórios, várias adutoras, elevatórias e também uma nova Estação de Tratamento de Esgoto. Os projetos preveem ainda investimentos na migração energética com a implantação de uma usina fotovoltaica para atender o Sanear.

“Estamos aproveitando nossa experiência para repetir o sucesso que tivemos nas edições anteriores do PAC (1 e 2). Nossos desafios agora são atender melhor a zona rural e modernizar nossas estruturas para dar conta da verticalização e do acelerado crescimento nas áreas urbanas da cidade”, explicou Paulo José.

Paulo José e o prefeito José Carlos do Pátio participaram do lançamento do novo PAC

Os projetos do Sanear foram apresentados numa reunião ampliada convocada pelo prefeito José Carlos do Pátio, com a participação de todas as secretarias e departamentos da Prefeitura. A orientação é para que seja feito um diagnóstico amplo em cada setor, com agilidade e eficiência na elaboração de projetos que podem ser custeados com os recursos federais.

“O momento é muito bom. Temos uma ótima relação com o Governo Federal e precisamos avançar. Com o PAC 3 temos a oportunidade de operar uma nova transformação em Rondonópolis, dando ainda mais dignidade à nossa população”, destacou o prefeito José Carlos do Pátio.

Nesta primeira etapa o PAC 3 deve liberar R$ 65,2 bilhões para investimentos nos estados e municípios em áreas essenciais como saúde, educação, infraestrutura social e urbana e mobilidade. Os projetos devem ser encaminhados entre 9 de outubro a 10 de novembro.

Equipes da Prefeitura e do Sanear saíram na frente na elaboração dos projetos para o novo PAC

Fonte: Eduardo Ramos – Ascom Sanear 

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias