22.2 C
Rondonópolis
quinta-feira, maio 23, 2024

Buy now

Polícia recupera R$ 116 mil após secretário de prefeitura ser alvo de extorsão em Mato Grosso

A Polícia Civil recuperou R$ 116 mil extorquidos durante o sequestro e cárcere privado de um secretário da prefeitura de São José do Povo (267 quilômetros de Cuiabá). O dinheiro foi transferido, hoje, para a conta da prefeitura. A vítima é secretário de finanças do município e foi coagida pelos criminosos a fazer as transferências dos valores que são da administração pública.

Durante a investigação, a equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos, com apoio da Delegacia de Repressão a Crimes Informáticos, solicitou o bloqueio das contas que receberam as transferências da extorsão. A equipe apurou que para uma das contas, de pessoa jurídica no estado do Rio de Janeiro, foi transferido o valor de R$ 131 mil dos quais foram bloqueados R$ 116,4 mil, valor que foi depositado nesta terça-feira na conta da prefeitura.

Conforme a Polícai Civil, a vítima foi sequestrada no dia 22 de agosto, de dentro de sua residência, e obrigada a fazer seis transferências bancárias que totalizaram 241 mil reais. Na ocasião, dois homens arrombaram a porta da residência da vítima, a renderam e roubaram objetos, como notebook, videogame e uma arma de pressão. Em seguida, os criminosos obrigaram a vítima entrar em seu veículo e saíram em direção a um cativeiro, onde a obrigaram a ligar o notebook e fazer as.

A vítima relatou à Polícia Civil que durante o tempo que permaneceu em cativeiro, os criminosos mantiveram contato com uma terceira pessoa que instruía toda a ação. Dois autores da extorsão foram presos pela Polícia Militar e uma mulher que recebeu parte dos valores extorquidos foi detida pela equipe da Derf, todos em Rondonópolis.

Redação Só Notícias

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias