27.1 C
Rondonópolis
segunda-feira, abril 15, 2024

Buy now

Em encontro da Fenabrave, Medeiros enaltece Campos Neto

O deputado federal, José Medeiros (PL), se encontrou, nesta quinta-feira (19), com o atual presidente do Banco Central – Bacen, Campos Neto, em Cuiabá, durante o 7º Encontro Regional da Fenabrave – Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores.

Nas redes sociais e na imprensa, o parlamentar elogiou Campos Neto, a quem atribui méritos por ter sustentada intacta a economia, mesmo diante de um cenário de insegurança jurídica, aumento de impostos e falas desencontradas desde que o atual presidente da República tomou posse.

“Campos Neto é reconhecido internacionalmente como um dos melhores presidentes de Banco Central de todo o planeta. É notório o malabarismo que tem feito para manter a inflação sob controle, criando espaço para redução dos juros, mesmo diante do caos petista”, citou o federal.

Medeiros falou do PIX, lançado em outubro de 2020, que criou um marco na história do país. “Não há narrativa da esquerda, mesmo ancorada nos seus jagunços de redação, capaz de mudar esse fato. O ex-presidente Bolsonaro, junto do Campos Neto, criaram um novo jeito de fazer negócio nesse país, que rapidamente se tornou majoritário. Isso tudo diante de uma pandemia, sucesso absoluto”, enfatizou, referindo-se ao PIX.

O bolsonarista fez menções sobre a resiliência de Campos Neto, além de traquejo político, situação comprovada quando se viu em meio a um turbilhão criado por Lula (PT) e seus aliados, onde manteve a tranquilidade e o foco inabalável no bem do Brasil.

“O PT ainda carrega consigo a utopia que é dono da economia em virtude de estar no poder. Acreditam que podem segurar preços, reservar mercado e fazer a bagunça que quiserem a partir da presidência. O que eles querem é um Banco Central capacho e ainda bem para o país que não conseguiram. Precisamos de uma instituição autônoma e tocada por alguém capacitado, exatamente o que temos agora”, finalizou.

O mandato de Campos Neto no Bacen vai até o fim de 2024.

ASSESSORIA

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias