34.3 C
Rondonópolis
sábado, março 2, 2024

Buy now

Ferrovia em Roo: Cláudio Ferreira diz que secretária de Meio Ambiente pode cometer crime de responsabilidade

Deputado vem cobrando explicações da SEMA desde o mês de junho

O deputado estadual Cláudio Ferreira (PL) cobrou nesta quarta-feira (29) respostas da Secretaria de Estado de Meio Ambiente de Mato Grosso (SEMA) sobre as obras do traçado de ampliação da Ferrovia da RUMO S/A, no Estado de Mato Grosso.

Em uma declaração durante a sessão no plenário da Assembleia Legislativa, o parlamentar lembrou que há 6 meses fez um requerimento de informação à secretária Laureen Lazaretti sobre a mudança no projeto, porém não foi respondido.

“Gostaria de chamar a atenção da secretaria de meio ambiente pois apresentei um requerimento no dia 6 de junho de 2023, há seis meses, para obter mais informações sobre as alterações que aconteceram no percurso da ferrovia que liga Rondonópolis a Cuiabá e infelizmente não fui respondido. Faço o alerta aqui, se a secretária não nos responder teremos que representá-la por crime de responsabilidade”, declarou o parlamentar durante sessão na ALMT.

Cláudio Ferreira afirma que existe uma polêmica sobre a passagem dos trilhos a menos de 1 quilômetro de um bairro do perímetro urbano e que é necessário ainda um debate sobre a questão. “Se existir alguma inconformidade, vamos trabalhar pela mitigação dos impactos das obras na vida do cidadão”, declarou o deputado ao afirmar que a SEMA precisa dar explicações se as mudanças foram ou não aprovadas de acordo com as licenças ambientais necessárias.

“Quero informar que estou fazendo novamente um requerimento com os mesmos questionamentos do que fiz há seis meses, pois agora temos a polêmica de que a ferrovia pode passar a 40 metros de um dos bairros de nossa cidade e precisamos discutir essa mudança, que afetará a vida do cidadão rondonopolitano”, afirmou.

No documento, o parlamentar questiona se o primeiro trecho, que teve seu traçado reduzido em 17 km, passará próximo ao perímetro urbano de Rondonópolis ou outro município, sobre qual a distância exata, se a alteração estava prevista nos documentos da aprovação do licenciamento ambiental inicial e pede esclarecimentos se a alteração traria ou não prejuízos ao meio ambiente e a cidade de Rondonópolis.

ASSESSORIA

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias