23.4 C
Rondonópolis
domingo, março 3, 2024

Buy now

CRESCIMENTO EXPRESSIVO|: PIB avança e Rondonópolis passa a ser a 6ª maior economia do Centro-Oeste e 78ª do Brasil

Com crescimento expressivo do Produto Interno Bruto (PIB) em 2021, Rondonópolis passa a ser a 6ª maior economia do Centro-Oeste e a 78ª do Brasil. Os dados do PIB dos Municípios Brasileiros foram divulgados nesta terça-feira (19) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e mostram que o PIB de Rondonópolis aumentou mais de 35% entre 2020 e 2021, o que fez com que a cidade subisse 12 posições no ranking nacional de participação dos municípios no PIB, saindo da 90ª posição em 2020 para a 78ª em 2021.O avanço no PIB também possibilitou que Rondonópolis passasse a ser a 6ª maior economia do Centro-Oeste. Entre 2020 e 2021, o Município saiu da 7ª posição na região, ultrapassou a cidade de Aparecida de Goiânia (GO), passando a figurar como a 6ª maior economia, atrás somente das capitais Brasília (DF), Goiânia (GO), Campo Grande (MS) e Cuiabá, além do município de Anápolis (GO).

O IBGE apontou que em 2021, o PIB de Rondonópolis chegou a R$ 17.295.644 bilhões, valor aproximadamente R$ 4 bilhões superior que o de 2020, que foi de R$ 12.850.052.

Com o resultado do PIB de 2021, o secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico, Alexsandro Silva, destaca que em 10 anos, entre 2011 e 2021, Rondonópolis teve um crescimento expressivo de mais de 210%, com uma taxa média de crescimento de 12,12% ao ano. “São dados importantes e que mostram que Rondonópolis vem crescendo muito nos últimos anos, com índices superiores de outros municípios do Centro-Oeste como Aparecida de Goiânia e Anápolis”, afirma e exemplifica que Anápolis, por exemplo, teve uma taxa média anual de crescimento nos últimos 10 anos de 4,23%. 

“Foi esse crescimento expressivo que fez com que Rondonópolis passasse a ser a 78ª economia do Brasil e a 6ª do Centro-Oeste, além de caminhar para se transformar na 5ª maior economia da região nos próximos anos, passando Anápolis e ficando atrás somente das 4 capitais da região”, acrescenta.

O resultado do PIB de 2021 também consolida Rondonópolis como a segunda maior economia de Mato Grosso, sendo, junto a Cuiabá, os únicos municípios do Estado entre as 100 maiores economias do Brasil.

Além disso, o avanço do PIB de Rondonópolis nos últimos anos, e, especialmente, entre 2020 e 2021, tem o setor de serviços como importante propulsor. Em 2021, o setor foi o Responsável por 47,05% do PIB do Município. O PIB do setor de serviços também foi um dos que mais avançou no período, passando de R$ 5.530.621 bilhões em 2020 para R$ 8.137.633 bilhões em 2021.

“O avanço do PIB do setor de serviços mostra que Rondonópolis tem uma vocação natural para o setor por fatores como a própria localização geográfica. Esse crescimento do setor de serviços teve como um dos principais fatores os investimentos privados que ocorreram nos últimos anos na cidade, especialmente, no setor do transporte e na armazenagem”, explica o secretário.

Destaca-se ainda como fator preponderante no crescimento do PIB de Rondonópolis, os investimentos no setor público, em bens públicos, segundo Alexsandro. Na administração pública, o PIB subiu de R$ 1.636.597 bilhão em 2020 para R$ 1.704.531 bilhão em 2021, assim como a arrecadação de impostos, que passou de R$ 1.605.715 bilhão em 2020 para R$ 2.683.975 bilhões em 2021.

O secretário ainda ressalta que o setor industrial continua tendo importante participação na composição do PIB do Município e também registrou expansão no período, saindo de R$ 3.715.062 bilhões em 2020 para R$ 4.177.538 bilhões em 2021.

Da Redação

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias