22 C
Rondonópolis
terça-feira, março 5, 2024

Buy now

Mauro manifesta a deputados que reduziu pela metade dívida de MT e que “ano será muito bom”

O governador Mauro Mendes enfatizou, ontem, na abertura do 20º ano da Assembleia Legislativa, o comprometimento do governo com o desenvolvimento de Mato Grosso e apresentou o balanço de sua gestão aos parlamentares e a prestação de contas. “Temos hoje uma boa liquidez fiscal, bons projetos e investimentos robustos. Nenhum projeto iniciado pelo governo do Estado vai parar. Porque nos preparamos para enfrentar intempéries e sobressaltos que podem acontecer. Vamos continuar acreditando e investindo no presente e no futuro no nosso Estado”, afirmou o governador.

Mauro afirmou ainda que a boa gestão, aliada a medidas “corajosas”, possibilitaram enfrentar desafios e alcançar a estabilidade financeira no Estado. “Os números falam por si só e mostram claramente aquilo que todos nós, os secretários, os mais de 70 mil servidores e os mato-grossenses, por meio dos impostos pagos, fizemos. É um crescimento que se deu por corajosas medidas que nós tomamos em 2019 e que foram importantes para criar essa trajetória”, pontuou.

Mauro ressaltou ainda a importância do Parlamento e a harmonia entre os poderes. “Sempre demonstrei respeito a esse Parlamento, à democracia e, acima de tudo, considero a relevância dos trabalhos que essa casa presta ao Estado. Tivemos debates e decisões importantes que foram tomadas aqui. O que temos construído e compartilhado juntos, de forma harmônica, tem trazido bons resultados para o povo de Mato Grosso. Isso é um exemplo para o restante do país”, enfatizou.

O governador encerrou seu discurso projetando otimismo para o ano que se inicia. “O ano de 2024 será um ano muito bom para todos nós, porque a força e a determinação que fizeram com que nós chegássemos até aqui estarão presentes todos os dias. Seremos capazes de fazer coisas tão incríveis como fizemos até hoje”, concluiu o governador.

Mauro Mendes destacou que Mato Grosso conseguiu diminuir pela metade a dívida que herdou, que passou de R$ 6,46 bilhões, em 2019, para R$ 3,78 bilhões, ano passado. Ele relembrou que o Governo do Estado é o primeiro colocado nacional em gestão fiscal no ranking CLP e tem nota A no Tesouro Nacional pelo terceiro ano consecutivo.

Mauro também pontuou que, desde 2021, Mato Grosso tem investido acima dos 15% da receita corrente líquida – valor que atingiu os 19,8%, em 2023. “Hoje podemos dizer seguramente que não existe nenhum Estado brasileiro que está mantendo essa trajetória que nós fizemos”, garantiu.

O governador afirmou que o Estado atingiu a marca de mais de R$ 5,5 bilhões investidos em convênios com municípios, valor jamais alcançado em gestões anteriores. “São transferências voluntárias feitas pelo governo do Estado de Mato Grosso, firmado através de mais de quatro mil convênios ao longo desses últimos cinco anos”, ressaltou.

Entre as principais áreas com convênios, estão Infraestrutura (R$ 3,3 bilhões), Educação (R$ 817 milhões), Cultura e Esporte (604 milhões) e Agricultura Familiar (73,5 milhões). Entre as projeções e metas para os próximos três anos de sua gestão, o governador garantiu que irá atingir a meta de 5,5 mil quilômetros de asfalto novo no Estado e irá construir quadras poliesportivas em todas as Escolas Estaduais. “Nenhuma escola em Mato Grosso ficará sem quadra”.

Só Notícias

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias