22.2 C
Rondonópolis
sexta-feira, maio 24, 2024

Buy now

ANTT debate em Sinop, Cuiabá e Rondonópolis alterações no contrato da BR-163

A Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) começou ontem, terça-feira, uma rodada de reuniões para receber manifestações orais e escritas sobre a necessidade de alterações contratuais da concessão da BR-163 administrada pela Nova Rota do Oeste, empresa ligada ao governo de Mato Grosso. Serão três encontros abertos à comunidade.

Entre as propostas de alterações contratuais a serem debatidas, há pleitos relacionados a implantação de PPDs (Ponto de Parada e Descanso), considerações sobre segurança operacional, proposta de conectividade por sinal 4G, obras de retorno em nível, Desconto de Usuário Frequente (DUF), entre outros.

A primeira reunião será em Sinop, nesta terça, no auditório de um hotel localizado na avenida Bruno Martini, no bairro Recanto Suíço, das 14h às 17h. A segunda será em Cuiabá, na quarta-feira, no mesmo horário, no auditório de um hotel localizado no bairro Coxipó. A última reunião será na quarta-feira (26), no bairro Monte Líbano, em Rondonópolis.

Na semana passada, conforme Só Notícias já informou, o presidente do Conselho de Administração da Nova Rota, Cidinho Santos, confirmou a previsão para início das obras de construção de seis viadutos no trecho da rodovia em Sinop, além de um trecho de 25 quilômetros de duplicação. “Temos um processo em andamento de contratação de duplicação do trecho de Sinop da Inpasa até um pouco após Sinop e mais seis viadutos. Esse processo as empresas vão entregar dia 29 agora, no mês de maio a gente contrata e final de maio ou junho o governador deve estar vindo junto com a gente para dar início a mais essas obras”, explicou.

Cidinho também confirmou o valor estimado para as obras. “Estamos coletados as propostas, em torno de R$ 300 milhões a R$ 400 milhões. As empresas vão entregar as propostas e vamos ver o melhor preço, melhor empresa e vamos contratar em maio para dar ordem de serviço em junho”, acrescentou.

O projeto é que os viadutos sejam construídos no km 816, próximo à usina de etanol, km 831 na região de acesso à MT-140/Santa Carmem, km 833 na avenida Foz do Iguaçu, km 839 na avenida Jonas Pinheiro, km 844 no trecho da MT-423/Cláudia e km 855 que dá acesso a MT-220.

O presidente do Conselho também avaliou pontos da BR-163 que já estão em obras. “Estamos com duas frentes de serviço, uma de Posto Gil a Nova Mutum, que já entregou 15 quilômetros e de Nova Mutum a Posto Gil e mais outra empresa de Nova Mutum para Lucas do Rio Verde que lançamos agora, para o ano que vem vamos estar com outro trecho que é de Sinop para Sorriso”, concluiu.

Recentemente, membros da diretoria da concessionária conversaram, através de videoconferência com representantes da prefeitura, empresários e membros da sociedade civil de Sinop que serão diretamente impactados por essas obras, reforçando que os impactos devem ser mínimos, atingindo, em alguns pontos, apenas meio-fio ou parte do passeio público e não afetará as edificações

Só Notícias

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias