35.4 C
Rondonópolis
sábado, maio 18, 2024

Buy now

Lideranças aprovam proposta de Mauro e MT deve repassar R$ 50 milhões para ajudar Rio Grande do Sul

Presidentes das federações das indústrias de Mato Grosso (Fiemt), da Agricultura (Famato) e deputados aprovaram, há pouco, a proposta do governador Mauro Mendes para o Estado de Mato Grosso repassar R$ 50 milhões para ajudar na reconstrução da infraestrutura do Rio Grande do Sul, que foi assolado por enchentes e deslizamentos desde a última semana. O dinheiro vai sair do Fundo Estadual de Transporte e Habitação (Fethab). O projeto vai ser apreciado pela Assembleia Legislativa em regime de urgência até a próxima quarta-feira. Vários municípios gaúchos estão ilhados porque as enchentes derrubaram pontes e abriram crateras em rodovias.

“Que bom que nós estamos ajudando e não estamos, nesse momento, precisando de ajuda, porque é uma tragédia gigantesca. Nosso objetivo é simplesmente dar uma colaboração, e, graças a Deus, o Estado de Mato Grosso pode ajudar esse povo tão importante, que faz parte do nosso presente, fez parte da nossa história e faz parte do nosso futuro. Então, é um gesto de respeito, de carinho e espero que outras instituições também possam colaborar”, afirmou Mauro Mendes.

O vice-governador Otaviano Pivetta, que conduziu a reunião com dirigentes de entidades e parlamentares, também destacou a parceria entre os setores e órgãos para liberar o aporte. “Fizemos a reunião porque todos são representantes das entidades pactuantes do Fethab. Essa ação representa um gesto de humanidade ao nosso estado irmão”. “Nesse momento, não é sobre quantidade, mas sobre oferecermos ajuda concreta e efetiva para apoiar o Estado do Rio Grande do Sul, num momento que pede fraternidade, carinho e atitude humanitária”. “O dinheiro será depositado em uma conta da Defesa Civil do Estado do RS, de modo que o Governo local possa fazer a prestação de contas à sociedade com transparência”, disse Pivetta.

Também participaram da reunião os deputados estaduais Max Russi e Beto Dois a Um, os secretários de Estado Fábio Garcia (Casa Civil), Rogério Gallo (Fazenda), César Roveri (Segurança Pública) e Laice Souza (Comunicação) e demais lideranças.

A secretaria estadual de Comunicação informou que o governo de Mato Grosso passa a disponibilizar, a partir desta terça-feira (7), quatro pontos de coleta de doações, em Cuiabá e Várzea Grande, para serem encaminhadas ao Rio Grande do Sul – nos Sines e Procons das unidades do Ganha Tempo de Cuiabá e no Centro Estadual de Cidadania, em Várzea Grande, e até sábado (11) no Ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá. Serão recebidas cestas básicas, água mineral, produtos de higiene (escovas, pastas de dente, sabonetes, fraldas adultas e infantis e papel higiênico), colchões de solteiro, lençóis, fronhas, travesseiros e cobertores.

Em Sinop, Sorriso, Lucas do Rio Verde, Nova Mutum e demais cidades também há mobilizações para ajudar as vítimas da enchente sem precedentes que deixou mais de 83 mortos e 111 desaparecidos.

Secom-MT

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias