22.2 C
Rondonópolis
quinta-feira, maio 23, 2024

Buy now

Parceria entre Sanear e Energisa traz Usina Solar Fotovoltaica para Rondonópolis

O Serviço de Saneamento Ambiental de Rondonópolis (Sanear) e a Energisa estão unindo forças em prol do meio ambiente e da eficiência energética. Em reunião realizada nesta semana com representantes da autarquia, o gerente da Energisa em Rondonópolis, Cristiano Lima Tomáz Silva, confirmou a parceria para a construção de uma usina solar fotovoltaica no município, com capacidade para 80.000 wp (watts-pico).

O investimento total é estimado em R$ 500 mil e a usina deve entrar em funcionamento já em julho deste ano. A construção foi aprovada a partir de um projeto elaborado pela equipe do Sanear e será integralmente custeada com recursos do Programa de Eficiência Energética da Energisa. Além de ceder o espaço, numa unidade no Distrito Industrial de Rondonópolis, o Sanear também ficará responsável pela segurança da usina.

O presidente do Sanear, Paulo José Correia, disse que a autarquia já desenvolve um programa de redução de perdas e eficiência energética que, entre outras ações, prevê a redução dos gastos com energia –uma das principais despesas no município. 

“Teremos um avanço importante no uso de energias renováveis, com redução dos custos operacionais e aumento da sustentabilidade das operações do Sanear. A usina também contribuirá para a diminuição da emissão de gases de efeito estufa, fortalecendo o compromisso com a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento sustentável”, afirma Paulo José.

Já Cristiano Lima destacou a importância da parceria, que inaugura um novo momento no relacionamento entre o Sanear e a Energisa. Ele explicou que serão instaladas 160 placas solares, proporcionando uma economia dos gastos com energia em torno de R$ 140 mil por ano. “Temos um excelente diálogo e já avaliamos outros projetos em conjunto. A intenção é unir forças para oferecer um atendimento cada vez melhor à população, com responsabilidade ambiental”.

Também participaram da reunião o analista de eficiência energética da Energisa, Alex Fabiano Souza Silva, o diretor técnico do Sanear, Hermes Ávila, o engenheiro eletricista João Couto, e o representante empresa que fará a instalação da usina, Edvaldo Angelo da Costa Júnior.

Fonte: Ascom Sanear 

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias