www.asyabahis.org dumanbet.live pinbahiscasino.com www.sekabet.net www.olabahisgir.com www.maltcasino.net faffbet-giris.com www.asyabahisgo1.com www.dumanbetyenigiris.com pinbahisgo1.com sekabet-giris2.com www.olabahisgo.com www.maltcasino-giris.com faffbet.net betforward1.org betforward.mobi 1xbet-adres.com 1xbet4iran.com romabet1.com www.yasbet2.net 1xirani.com www.romabet.top 3btforward1.com 1xbet 1xbet-farsi4.com سایت شرط بندی معتبر
29.5 C
Rondonópolis
sábado, julho 13, 2024

Buy now

TRE suspende propaganda do MDB com Thiago Silva por irregularidade

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) determinou a suspensão imediata da veiculação de propaganda partidária do MDB de Mato Grosso. A decisão, proferida no último dia 19 de junho pelo juiz Edson Dias Reis, atende a uma representação movida pelo Partido Liberal de Mato Grosso (PL-MT), que alegou irregularidades em quatro inserções veiculadas pelo MDB, no início do mês de junho deste ano, para promover o pré-candidato a prefeito de Rondonópolis deputado estadual Thiago Silva.

Na ação, o PL alega que o MDB utilizou indevidamente o tempo destinado à propaganda partidária para promover a imagem de Thiago Silva, em vez de promover o partido, conforme previsto pela legislação eleitoral.

Em sua decisão, o juiz Claudio Roberto Zeni Guimarães, relator do caso, sustentou que a propaganda do MDB, partido que é conduzido em Mato Grosso pelo ex-deputado federal Carlos Bezerra, padrinho político de Thiago Silva, infringiu as normas ao enfatizar ações pessoais do deputado estadual, inclusive utilizando slogans de sua pré-campanha, o que caracteriza propaganda eleitoral antecipada.

Além da suspensão imediata da propaganda, foi determinada multa diária em caso de descumprimento da ordem judicial. O MDB tem agora cinco dias para apresentar sua defesa.

Para o PL, que tem como pré-candidato a prefeito de Rondonópolis o deputado estadual Cláudio Ferreira, o Paisagista, a decisão representa uma medida necessária para preservar a igualdade de condições entre os pré-candidatos durante o período eleitoral, impedindo vantagens indevidas que poderiam ser obtidas através de práticas irregulares de propaganda.

O juiz determinou ainda que a emissora de televisão responsável pela transmissão seja notificada para suspender imediatamente as propagandas de promoção de Thiago SIlva que estão em desacordo com a legislação eleitoral.

ASSESSORIA

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias