www.asyabahis.org dumanbet.live pinbahiscasino.com www.sekabet.net www.olabahisgir.com www.maltcasino.net faffbet-giris.com www.asyabahisgo1.com www.dumanbetyenigiris.com pinbahisgo1.com sekabet-giris2.com www.olabahisgo.com www.maltcasino-giris.com faffbet.net betforward1.org betforward.mobi 1xbet-adres.com 1xbet4iran.com romabet1.com www.yasbet2.net 1xirani.com www.romabet.top 3btforward1.com 1xbet 1xbet-farsi4.com سایت شرط بندی معتبر
20.4 C
Rondonópolis
domingo, julho 21, 2024

Buy now

Medeiros comemora cancelamento do leilão de arroz e reforça apoio à CPI

Deputado de MT apresentou novo requerimento convocando Fávaro e Pimenta

O deputado federal José Medeiros (PL-MT) afirmou que a decisão do Governo Federal de suspender, nesta quarta-feira (3), a realização de um novo leilão para compra de arroz importado confirma as irregularidades denunciadas pela oposição. Para Medeiros, essa medida reforça a necessidade de abrir uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar o escândalo do arroz, que resultou no cancelamento do primeiro leilão.

“Tem um ditado que diz que malandro, quando vê que vai cair, deita. De forma escandalosa, o governo usou a tragédia ocorrida no Rio Grande do Sul para comprar 1 milhão de toneladas de arroz importado, mas o que eles queriam mesmo era interferir no mercado de arroz, da mesma forma que interferiram na Petrobras e querem interferir no Banco Central. É um governo de interferência e de práticas obscuras. O cancelamento do leilão foi uma vitória significativa da Comissão de Agricultura da Câmara Federal, da oposição, dos produtores de arroz do país, do povo do Rio Grande do Sul e do povo brasileiro. Não é porque o governo desistiu do leilão que vamos abrir mão da CPI e deixar de investigar profundamente tudo isso. Queremos que os responsáveis por essas irregularidades sejam punidos”, comentou Medeiros, que é membro titular da Comissão de Agricultura e um dos líderes da oposição no Congresso Nacional.

Sobre a ausência do ministro-chefe da Secretaria Extraordinária de Apoio à Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta (PT), na reunião da Comissão de Agricultura nesta quarta-feira (3), Medeiros afirmou que essa atitude não surpreende, uma vez que o atual governo não tem compromisso com a verdade e com a licitude. Diante da ausência do ministro, Medeiros e o presidente da Comissão de Agricultura, deputado federal Evair Vieira de Melo (PP-ES), decidiram apresentar um requerimento convocando Pimenta. Diferentemente do convite, a convocação da comissão obriga o ministro a comparecer à Câmara Federal.

“Como dizem, o PT quando não está mentindo, está roubando e vice-versa. No escândalo do arroz, sabemos que eles estão mentindo. Agora, queremos saber se eles estão roubando. Por isso, apresentei o requerimento convocando o ministro Pimenta e o ex-diretor de Operações e Abastecimento da Conab, Thiago José dos Santos, que também cancelou sua participação na comissão nesta quarta-feira”.

Além de Pimenta e Santos, Medeiros também solicitou a convocação do ministro da Agricultura e Pecuária, Carlos Fávaro (PSD).

“Quando o ministro Fávaro foi convidado para prestar esclarecimentos na Comissão de Agricultura, ele não respondeu a muitas perguntas. Veio com um roteiro ensaiado e ainda defendeu o leilão do arroz. Com a convocação de Fávaro, queremos esclarecer todos os fatos que foram omitidos e não respondidos pelo ministro. Além disso, há novos fatos que precisam ser explicados”, reforçou o deputado federal.

ASSESSORIA

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias