24.7 C
Rondonópolis
domingo, junho 16, 2024

Buy now

Torcedores causam tumulto na Arena após derrota do Cuiabá e quebram carro de jogador

Três torcedores do Cuiabá, entre eles o líder da torcida Raça Cuiabana, foram detidos pela Polícia Militar por danificarem o carro do lateral-esquerdo do time, Sidcley, além de promover tumulto, praticar ou incitar violência no estacionamento do estádio Arena Pantanal. O fato aconteceu depois do jogo entre Cuiabá e Goiás pela 33ª rodada da Série A do Campeonato Brasileiro, no domingo (23). Cerca de 100 integrantes da torcida organizada também causaram tumulto ao final do jogo.

De acordo com o boletim de ocorrência, o tumulto aconteceu após o término do jogo. Mesmo com o gol do atacante Deyverson, o time do Cuiabá sofreu uma derrota de 2 a 1 e corre risco de rebaixamento.

Com o encerramento do jogo, os torcedores invadiram o subsolo pelo setor sul, onde fica o estacionamento, e começaram a entoar cânticos e gritos de incitação à violência.

Quando os jogadores do time estavam saindo com os carros em direção à praça desportiva, vários torcedores desferiram chutes e socos nos veículos.

O carro do lateral Sidcley acabou sendo atingido, fazendo com que o para-brisa do veículo trincasse. O jogador gravou um vídeo mostrando o vidro quebrado.

A Polícia Militar foi acionada e conseguiu prender três torcedores, sendo dois homens e uma mulher, que foram encaminhados à Central de Flagrantes. Procurada pela reportagem, a diretoria do Cuiabá afirmou que não irá se posicionar sobre o ocorrido.

De acordo com a Lei n° 10.671/2003 do Estatuto do Torcedor, promover tumulto, praticar ou incitar a violência, ou invadir local restrito aos competidores em eventos esportivos pode ter pena de reclusão de um a dois anos e multa.

Incorrerá nas mesmas penas o torcedor que promover tumulto, praticar ou incitar a violência num raio de 5 mil metros ao redor do local de realização do evento esportivo, ou durante o trajeto de ida e volta do local da realização do evento e portar, deter ou transportar, no interior do estádio, em suas imediações ou no seu trajeto, em dia de realização de evento esportivo, quaisquer instrumentos que possam servir para a prática de violência.   

hnt.

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias