27.1 C
Rondonópolis
segunda-feira, abril 15, 2024

Buy now

Putin e Kim Jong-un planejam reunião sobre fornecimento de armas

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, estuda uma viagem ainda este mês até a Rússia, para conversar com o presidente Vladimir Putin sobre um possível fornecimento de armamento. O poder bélico seria destinado o conflito contra a Ucrânia e para outras cooperações militares. As informações são do The New York Times.

Kim viajaria da capital Pyongyang, num comboio blindado, até a região de Vladivostok, na costa leste da Rússia, local onde o presidente russo estaria o esperando. O trajeto ainda não foi confirmado, podendo ele ir até Moscou para a conversa.

O objetivo de Putin é fazer com que o ditador norte-coreano envie projéteis de artilharia e mísseis antitanque para a Rússia. Em troca, Kim pede que a Rússia forneça a tecnologia avançada de satélites e submarinos com propulsão nuclear, além de ajuda na alimentação da população empobrecida do país.

Os dois líderes deverão comparecer ao campus da Universidade Federal do Extremo Oriente, em Vladivostok, onde participarão do Fórum Econômico Oriental, que deve acontecer entre os dias 10 a 13 de setembro. Kim Jong-un ainda deve visitar o Píer 33, local onde os navios da frota russa são atracados. 

A Casa Branca já havia alertado sobre uma possível troca de cartas entre os países asiáticos, em que o acordo de armas estava sendo discutido. O porta-voz da Casa Branca, John F. Kirby, informou que as negociações estariam avançando ativamente.

A porta-voz do Conselho de Segurança Nacional dos Estados Unidos, Adrienne Watson, disse que esperam que as negociações sejam cessadas, com a Coreia do Norte apenas cumprindo os “compromissos públicos que Pyongyang assumiu de não fornecer ou vender armas à Rússia”. Desde o início da guerra, os Estados Unidos têm tentado dissuadir países como Coreia do Norte e China de fornecerem armamento para a Rússia. 

IG NOTÍCIAS

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias