22 C
Rondonópolis
terça-feira, março 5, 2024

Buy now

Celebração no Sanear tem homenagens à Terezinha e cobrança por Justiça

Mensagens de carinho e cobranças por justiça marcaram a celebração religiosa realizada na última segunda-feira (15) para homenagear a ex-presidente do Sanear, Terezinha Silva de Souza. O evento foi realizado na unidade da autarquia no bairro Monte Líbano com a participação do prefeito José Carlos do Pátio, do presidente do Sanear, Paulo José Correia, secretários municipais, vereadores e familiares da ex-presidente. 

Durante a cerimônia Terezinha foi lembrada como a grande batalhadora pela universalização do serviço de saneamento em Rondonópolis. Ela presidiu o Sanear entre os anos de 2009 e 2012 e depois de 2017 até o dia 15 de janeiro de 2021 – data em que foi assassinada. 

“Se hoje temos a melhor autarquia de saneamento do Centro Oeste e uma das melhores do país devemos muito aos que nos antecederam, em especial à Terezinha. Em 2009 a rede de esgoto cobria menos de 20% da cidade. Ela entrou no Sanear e junto com o prefeito da cidade universalizou os serviços de água, esgoto e coleta de lixo”, disse Paulo José. “Além de uma querida amiga e excelente profissional, ela foi um marco nesta área do Saneamento em Rondonópolis”.

O prefeito José Carlos do Pátio se emocionou ao lembrar da atuação da ex-presidente do Sanear em suas duas primeiras gestões. Além de ressaltar o papel dela na consolidação do sistema de saneamento, ele falou sobre sua relação pessoal com Terezinha e reclamou da demora na completa elucidação do crime.

“Ela foi uma das pessoas mais importantes na minha vida, era muito amada por mim e minha família”, declarou. “Sinto uma falta muito grande dela e o que eu quero é Justiça. Quero pedir para as autoridades responsáveis que desvendem isso e cheguem à verdade dos fatos”, completou.

O pedido por justiça pontuou ainda o pronunciamento da representante da família, Camila de Souza, sobrinha de Terezinha. Ela agradeceu a homenagem e pediu respostas aos responsáveis pela investigação. 

“O Sanear era a segunda casa da minha tia e nos sentimos acolhidos aqui. Essa homenagem nos conforta e é importante também para dar visibilidade à nossa luta por Justiça. Ainda tem muita para se desvendar e nossa família aguarda esse esclarecimento”, disse Camila.

O vereador Reginaldo dos Santos, representante da Câmara, e o presidente da Cooperativa Municipal de Saneamento, Mário Sérgio Pereira, que falou em nome dos servidores, também destacaram a capacidade profissional, os resultados alcançados durante as gestões de Terezinha no Sanear e endossaram as cobranças ao Poder Judiciário.

A cerimônia religiosa foi conduzida pelo padre Aladim Leodenis Loureiro e contou também com as presenças da primeira-dama, Neuma Morais, dos vereadores Kaza Grande e Batista da Coder, além de várias lideranças políticas, amigos e ex-servidores do Sanear.

Fonte: Eduardo Ramos

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias