21.1 C
Rondonópolis
terça-feira, abril 23, 2024

Buy now

Medeiros assina pedido de impeachment de Lula e condena ataques a Israel

Deputado informa que o documento já conta com mais de 100 assinaturas e deve ser protocolado nesta terça-feira

Após o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) comparar a atuação do Exército de Israel na Faixa de Gaza com o Holocausto ocorrido na Segunda Guerra Mundial, o deputado federal José Medeiros (PL-MT) assinou o pedido de abertura de um processo de impeachment contra o chefe do Executivo.

Além de Medeiros, 112 deputados federais assinaram, até o momento, o pedido entre eles parlamentares de partidos que compõem a base aliada do governo. A previsão, de acordo com Medeiros, é protocolar o pedido de impeachment nesta terça-feira (20).

Para o deputado mato-grossense, que é um dos líderes da oposição do governo do PT na Câmara Federal, as falas de Lula podem configurar crime de responsabilidade contra a existência política da União previsto no trecho do art. 5º, da lei 1.079/50.

“A lei diz que é crime de responsabilidade cometer ato de hostilidade contra nação estrangeira, expondo a República ao perigo da guerra, ou comprometendo-lhe a neutralidade. O posicionamento do chefe do Executivo é mais que um crime de responsabilidade, é lamentável o alinhamento com o discurso de um grupo terrorista. Isso nos apequena, nos deixa tristes e envergonhados. Principalmente pela afronta a uma nação amiga, que está se defendendo de ataques terríveis de terroristas que matam crianças e que defendem a extinção de Israel, de seu povo e de sua religião. Como pode o governo brasileiro compactuar com uma coisa dessas? Isso é gravíssimo! A fala do Lula revela a sua verdadeira face, é isso que o PT verdadeiramente pensa”, comentou Medeiros.

ASSESSORIA

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias