32.2 C
Rondonópolis
sexta-feira, maio 24, 2024

Buy now

Polícia Federal faz operação contra o garimpo ilegal; mandados no Pará e Sinop

A Polícia Federal de Altamira (Pará) realizou, esta semana, a operação Carapaça. Três mandados de buscas e apreensões foram cumpridos, dois deles em Itaituba e um em Sinop. A investigação apura crimes de garimpo ilegal, usurpação de bens da união e de trabalho em condições análogas ao de escravo.

Os alvos foram identificados como os responsáveis pela área de extração irregular denominada garimpo Jabuti, na Reserva extrativista Riozinho, Altamira. “Eles levavam uma vida de luxo em um bairro nobre de Itaituba com o dinheiro do crime”, detalhou a Polícia Federal, através da assessoria.

Foram apreendidos notebooks, celulares e documentos que, segundo a PF, vão ajudar a identificar mais responsáveis pela operação ilegal, e entender o modus operandi da organização criminosa.

“O garimpo ilegal gera danos graves ao meio ambiente, como a mudança da fauna e flora local, desmatamento, e, o mais grave de todos, contamina a água com mercúrio, metal nocivo ao ser humano, usado na separação do ouro nos locais ilegais. O mercúrio usado é jogado na água e contamina a fauna marinha”, acrescentou a PF, em nota.

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias