24.7 C
Rondonópolis
domingo, junho 16, 2024

Buy now

Prefeitura firma convênio para implantação do Vigia Mais MT em Rondonópolis

Refrear roubos de veículos e aparelhos celulares, arrombamentos a comércios, desavenças rotineiras que exigem a presença de policiais, entre outros crimes e delitos é tarefa que, a partir de agora, ganha reforço por meio do convênio estabelecido entre a Administração Municipal e o Governo do Estado de Mato Grosso que viabilizou a instalação do Programa Vigia Mais MT em Rondonópolis. Para celebrar essa colaboração, ocorreu no final da tarde da última quinta-feira (06), na sala de reuniões do Paço Municipal, reunião que contou com a presença do prefeito José Carlos do Pátio, da secretária de Ciência, Tecnologia e Inovação, Neiva de Cól, do coordenador do Gabinete de Apoio à Segurança Pública (Gasp), Valdemi Castilho, o Biliu, entre outros integrantes do Staf do Município, além de membros das corporações das Polícia Militar, Civil, Penal, Rodoviária Federal (PRF), do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), e de vereadores da Câmara Municipal.

“Esse convênio foi firmado a partir de um esforço conjunto da Gestão Municipal, tendo à frente a Secretaria Municipal de Ciência, Tecnologia e Inovação e o Gasp”, atestou a titular da Pasta. Na parceria, coube à Prefeitura de Rondonópolis a construção da infraestrutura, a conexão com a internet, a instalação e configuração dos equipamentos e, ainda, a disponibilização de aparelhos complementares para tornar o programa exequível, totalizando, com isso, investimentos da ordem de R$1.976.793,91. Já o Governo de Mato Grosso proporcionou componentes para videomonitoramento, o que inclui 581 câmeras fixas, 44 speed domes – que são aquelas com zoom ótico que captam imagem a 360 graus –, e 44 câmeras de Optical Character Recognition (OCRs), que, em tradução livre, significa Reconhecimento Ótico de Caracteres e permitem processar imagens digitalizadas e otimizar sua qualidade, favorecendo seu reconhecimento e gerando correção de distorções, melhoria de contrastes, para citar algumas das suas funcionalidades. Assim, as OCRs facilitam, por exemplo, a identificação de placas de veículos furtados, entre outras contravenções. Em valores, o montante de contribuição do estado foi de R$998.279,15.

Atentos, observando toda a cidade, os olhos da lei se espalham em diversos pontos, o que possibilita que as forças de segurança atuem com mais intensidade para libertar a população do perigo, conforme ressalta o tenente-coronel Gleber Cândido, que comanda a 14ª Companhia Independente da Força Tática de Rondonópolis: “Com essas câmeras, distribuídas dentro do perímetro urbano do município, teremos um cercamento digital. Esse apoio para a segurança pública vai ser muito interessante, tendo em vista que vamos poder monitorar em tempo real todas as saídas e entradas de Rondonópolis. Então, quem pensar em cometer crimes, além da presença ostensiva da Polícia Militar nas ruas, vai ter que enfrentar essa ferramenta digital, com a qual os policiais do Centro Integrado de Operações estarão diuturnamente vigiando tudo o que venha a acontecer dentro da nossa cidade”. Ele comenta ainda que todas as imagens capturadas são lançadas no Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), onde há policiais acompanhando 24 horas por dia os acontecimentos.

Anunciando que a partir da próxima semana começam as instalações dos equipamentos, Biliu detalha: “São 227 pontos para pulverizar toda a cidade, sendo que, em alguns deles haverá até sete câmeras. Esse é um programa do governo estadual que atende ao estado todo. Por causa do tamanho de Rondonópolis, vamos receber um maior número de câmeras. É um projeto inédito”. Evitando citar locais onde esses dispositivos ficarão para que os bandidos não os conheçam nem consigam escapar da rota onde eles se encontram, sendo surpreendidos, o coordenador do Gasp achou por bem compartilhar apenas um: Os lugares foram definidos pela Polícia Civil e a Inteligência da Polícia Militar. Podemos dizer que as escolas estaduais e municipais também vão ser contempladas”.

Ressaltando que busca, especialmente, prevenir, mas, se necessário, coibir, o prefeito declarou: “Nossa política é propositiva para garantir a segurança pública da nossa cidade. E nosso município é o que menos crimes tem de todos os do Mato Grosso. Devemos isso em grande parte à atuação da polícia de Rondonópolis. Hoje nós estamos em um momento muito positivo”. 

Fonte: Roberta Azambuja 

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias