22.2 C
Rondonópolis
sexta-feira, maio 24, 2024

Buy now

A IMPORTÂNCIA DO LÚDICO NO PROCESSO DE ENSINO APRENDIZAGEM

O lúdico é uma forma de ensino que utiliza jogos, brincadeiras, música para tornar a aprendizagem mais significativa para quem está nesse processo de aprender, além de ser envolvente tornando a vontade de aprender cada vez maior, e o ensino é mais atrativo.
Os ambientes preparados e pensado em atividades lúdicas promovem uma maior descontração, envolvimento e experiência para quem está no processo de aprendizagem.
O lúdico como estratégia de ensino-aprendizagem promove um maior rendimento escolar, porque cria um ambiente mais atrativo e gratificante, servindo de estímulo para o desenvolvimento integral da criança. Um ambiente onde prevalece a ludicidade e um bom humor propiciam as crianças um clima harmônico, onde confiança nas atividades se intensifiquem. (Sobrinha e Santos, 2016, p. 54)

O lúdico pode influenciar de maneira positiva na formação do indivíduo, sem que o ensino aprendizagem pareça algo força ou obrigatório, tona-se realmente muito prazeroso aprender a aprender. Além disso, com o lúdico podemos apresentar de forma divertida aqueles temas que são densos e podemos utilizar também em qualquer fase de desenvolvimento não nos limitando apenas a infância o que acaba sendo benéfico já que a grande maioria dos jovens não sente prazer ao estar na escola.
Dessa forma, o lúdico aproxima, encanta e incentiva todos os indivíduos. Na educação infantil está mais presente proporcionando que as crianças usem a imaginação e desenvolvam atividades divertidas, ou seja, aprende brincando e torna-se protagonista do processo de ensino e aprendizagem. Além de proporcionar atividades envolventes que possibilitem o aprendizado significativo o lúdico também proporciona aos indivíduos que participam melhor desenvolvimento cognitivo, motor, social e afetivo ao se relacionar com os outros.
O ensino é uma importante ferramenta na construção da aprendizagem. É através da exploração que a criança expande seus pensamentos e aprendizados, adjunto à observação e investigação do mundo. Quanto mais a criança explora as coisas do mundo, mais ela é capaz de relacionar fatos e ideias, tirar conclusões, ou seja, mais ela é capaz de pensar e compreender. A criança processa o conhecimento através da operação concreta do elemento. Ou seja, a criança absolve qualquer tipo de informação, contribuindo assim para uma maior carga de experiências e conhecimentos para o seu desenvolvimento cognitivo (RIBEIRO E SOUZA, 2013)

Seguindo essa premissa, é imprescindível que as escolas e os profissionais que ali estão estejam capacitados para proporcionar atividades que desenvolvam essas habilidades e potencialize o aprendizado das crianças e jovens, que exercite sua imaginação e criatividade.
Claro que esse processo de aprender por meio do lúdico pode ser desafiador já que a grande maioria de nós veio de uma educação bancária em que se acreditava que a criança era uma tábula rasa e o professor era o único detentor de conhecimento.
Então, é um momento de quebra de paradigmas, e o lúdico pode proporcionar o resgate pelo prazer de aprender, despertar a curiosidade e transformar aquele indivíduo que antes não estava envolvido no seu processo de aprendizagem. Além disso, precisamos levar em consideração que o lúdico já está presente na infância da maioria das crianças o que acaba facilitando ainda mais esse processo de ensino, uma vez que as atividades desenvolvidas na escola passam a ser vistas como passatempo.
Levando em consideração que o lúdico também é uma necessidade básica da criança, é como beber água, comer, é uma ação inata a ela contribuindo ainda para mais o seu aprendizado. E também é por meio do lúdico que as crianças mostram sua realidade, enfrenta seus medos.
Sendo assim, é inegável a importância das atividades lúdicas na escola, pois como menciona Rodrigues (2016)

A criança ao brincar e jogar de forma lúdica, se envolve tanto que coloca na ação da brincadeira o seu sentimento e emoção. Podemos afirmar que a atividade lúdica funciona de forma integrativa entre os aspectos motores, cognitivos, afetivos e sociais, portanto a partir do brincar, desenvolve-se a capacidade, facilidade para à aprendizagem, aflora o desenvolvimento social, cultural, e individual, contribuindo para uma vida saudável, física e mental.
Sem mencionar que ao proporcionar atividades lúdicas o professor também poderá sem dúvidas contar com a participação ativa e colaborativa dos indivíduos, pois se sentem envolvidos e parte do processo de ensino aprendizagem. Vale ressaltar que o uso do lúdico como ferramenta pedagógica não se trata de uma recreação esvaziada de sentido, ou ainda apenas para passar o tempo, como alguns acreditam.
Portanto, o lúdico é um meio utilizado como estratégia para o desenvolvimento de diversas habilidades dos indivíduos e que irá proporcionar que o aprendizado aconteça de forma significativa e com intencionalidade, em que o indivíduo é o protagonista do seu aprendizado.


Docentes da Rede Municipal de Educação de Rondonópolis, Andréia Paula de Oliveira, Arlete Moreira, Daiane Cristina da Silva, Fabiani Dias dos Santos, Lucicleide Maria, Vânia Souza e Maria Edleuza da Silva Almeida.

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias