23.7 C
Rondonópolis
domingo, março 3, 2024

Buy now

Governo do Estado define que mais 100 estudantes farão intercâmbio no exterior

O governador Mauro Mendes anunciou, ontem tarde, o edital para a nova seleção de 100 estudantes da rede estadual de ensino para a segunda edição do programa de intercâmbio custeado pelo governo do Estado, o MT no Mundo. O edital de seleção deve ser publicado no Diário Oficial do Estado, na próxima semana. A seleção dos estudantes será feita de acordo com análise do desempenho dos jovens na plataforma do Mais Inglês MT e em sala de aula. Eles serão acompanhados por 15 professores, também da rede estadual de ensino. As despesas com viagem para alunos fazerem passaportes, certificado internacional de vacinação, eventuais reuniões bem como embarques e desembarques serão custeadas pelo governo. Recentemente, mais de 100 alunos mato-grossenses fizeram intercâmbio na Inglaterra.

“Finalizamos junto com a Seduc o edital que vai selecionar os 100 novos estudantes e 15 professores que vão realizar o intercâmbio cultural no exterior em 2024. Essa ação vai estimular a todos os nossos alunos e dar a eles a mesma oportunidade de viajar ao exterior e imergir nessa experiência única. É hora dos estudantes se esforçarem e dedicarem, principalmente nas plataformas de ensino para poder vivenciar em prática o intercâmbio, como outros 100 jovens puderam realizar este ano”, disse o governador.

O programa faz parte do conjunto de políticas de melhoria na qualidade da educação, implementadas pela secretaria estadual de Educação (Seduc) e contempladas nas 30 políticas educacionais do Plano Educação 10 anos. O secretário de Educação, Alan Porto, disse que o “ objetivo dessa política é aprimorar o programa de formação continuada dos professores e levar o estudante do estado de Mato Grosso a uma melhor proficiência em se comunicar e ampliar suas oportunidades de vida. Destes 100 estudantes, serão selecionados 50 que obtiverem as melhores notas na avaliação formativa final, com as vagas sendo distribuídas por todo o Estado, via Diretorias Regionais de Educação (DREs) e outros 50 que tiverem os melhores índices em inglês”, analisou.

Só Notícias (

Artigos relacionados

- Advertisement -spot_img

Últimas Notícias